Quais São As Métricas De Link Building e Como Avaliá-las?

Ilustração das métricas de link building

Ao monitorar as métricas de Link Building você pode avaliar o ROI, analisar o crescimento ou a queda do tráfego, identificar oportunidades e riscos relacionados à sua estratégia. Entenda quais métricas acompanhar e como fazer estudos  ainda mais completos.

Estabelecer os objetivos e as métricas corretas em SEO é fundamental para quem deseja ter sucesso em um projeto. Convenhamos que existem muitos dados e informações disponíveis e, mesmo com atenção a todos, é necessário identificar os mais relevantes.

Para aprofundar essa discussão e deixá-la ainda mais valiosa, Felipe Bazon, CSO da Hedgehog, convidou Flávia Crizanto, fundadora da Experta, uma das Link Builders mais conceituadas do mercado, para falar sobre a criação de estratégias de Link Building e a medição correta dos resultados de uma campanha.A conversa, que está disponível no canal Don’t Panic its Organic, possui dicas valiosas para profissionais, agências de SEO e empresas de diferentes segmentos que buscam por um novo olhar para os dados e querem resultados mais efetivos. Confira!

O que é uma estratégia de Link Building?

O Link Building é uma prática fundamental para impulsionar o seu site nos resultados de pesquisa dos buscadores. Imagine backlinks como votos de confiança que outros sites concedem à sua página: quanto mais backlinks de alta qualidade, maior será a relevância do seu site.

Por meio de diversas estratégias, como a criação de conteúdo de valor, guest posting e prospecção de sites, você pode atrair backlinks de sites confiáveis para o seu domínio. Essa rede de conexões funciona como uma teia que fortalece sua presença online e leva a sua marca para as primeiras posições.

Aliás, engana-se quem pensa que backlinks são apenas números. Essa estratégia também representa relacionamentos estratégicos que constroem a reputação de um site e o colocam na rota do sucesso. 

Outro ponto importante é que os resultados são adquiridos a médio e longo prazo e também refletem a conexão entre as marcas.

Quais são os objetivos do Link Building?

Antes de entender sobre as métricas, é importante avaliar os principais objetivos da sua estratégia, ou seja, onde você quer chegar com as ações? De uma forma bem geral, existem alguns objetivos comuns de mercado que podem ajudar você a ter um norte para essa definição. Veja só:

Independentemente do objetivo, vale lembrar que o Link Building é um processo contínuo que exige dedicação e planejamento. Mantenha esses objetivos em mente, invista em um trabalho de qualidade e revisite sua estratégia sempre que possível.

Até porque, como a Flávia Crizanto observou durante o papo, o Link Building pode também ser conhecido como uma “estratégia para construir autoridade de web”. Hábitos antigos e conhecidamente incorretos (como comprar links, inserção de links em comentários), são práticas desatualizadas, que profissionais de SEO sérios não usam. 

Veja também: Links internos: um guia completo para estruturar e otimizar o seu site.

Quais são as métricas de Link Building?

Existem duas métricas essenciais que todo profissional de SEO deve acompanhar: DA e DR. Mas, apesar de essenciais, elas não podem resumir o sucesso ou o fracasso de uma estratégia. Antes de falarmos o porquê disso, vamos aos conceitos:

Domain Authority (DA)

A Domain Authority, ou Autoridade de Domínio, é uma métrica usada para avaliar a relevância e a autoridade de um site em relação a outros sites na web. 

A pontuação foi desenvolvida pela Moz, uma empresa de software de SEO, e é baseada em vários fatores, como a quantidade e a qualidade dos links de entrada (backlinks) que um site recebe, a relevância do conteúdo, a qualidade geral do site, entre outros.

Domain Rating (DR)

Assim como o DA, o Domain Rating é usado para avaliar a autoridade de um domínio em relação a outros na internet. Ele é calculado com base na força dos backlinks que ele recebe. Quanto mais backlinks de qualidade e confiança um domínio possui, maior será o seu Domain Rating. 

Para Flávia Crizanto, as duas métricas são referências de trabalho no dia a dia, mas precisam andar juntas com o resultado. “Elas ajudam a entender para onde a estratégia está caminhando, são ótimas referências, mas não determinam o sucesso. Essas métricas ajudam na tomada de decisão e mais do que isso: ajudam em uma investigação sobre a estratégia”.

Como avaliar e acompanhar as métricas de Link Building?

Existem diversas maneiras para fazer a avaliação das métricas, mas Flávia Crizanto comenta que na sua equipe, há um olhar do On-page para a estratégia como um todo, e um olhar de Link Building que foca mais em URLs específicas — e, claro, isso se conecta no fim das contas. 

Dentre as métricas interessantes a serem acompanhadas estão:

  • Qualidade dos backlinks;
  • Remoção dos links tóxicos;
  • Origem dos backlinks;
  • Fluxo de links;
  • Posição nos mecanismos de busca;
  • Tráfego orgânico;
  • ROI (Retorno sobre Investimento): que mede a lucratividade da estratégia de link building, portanto, um ROI positivo indica que seus investimentos estão gerando resultados.

Quais as ferramentas para análise de métricas?

Existem inúmeras ferramentas que podem te ajudar a metrificar e analisar os seus resultados, mas, em geral, as mais conhecidas e usadas no mercado são:

  • Google Search Console: fornece dados básicos sobre o seu perfil de links;
  • SEMrush: oferece análises detalhadas de backlinks, incluindo qualidade e origem;
  • Ahrefs: possui uma das maiores bases de dados de backlinks do mercado;
  • Moz Pro: oferece ferramentas para análise de backlinks, SEO On-page e pesquisa de palavras-chave.

Digital PR e Link Building: como se dá essa relação?

Sem dúvidas, uma das estratégias mais populares do Link Building é o Digital PR. Trata-se da criação de conteúdo de alta qualidade e relevância para o seu público-alvo, e isso pode ser feito através de artigos informativos ou estudos de caso envolventes, por exemplo. 

Todos esses conteúdos valiosos se conectam muito bem com a mídia jornalística, com influenciadores e outros profissionais mais nichados, que podem compartilhar o conteúdo com o público e gerar backlinks orgânicos.

Mas Crizanto observa uma questão essencial: “O Digital PR não serve para qualquer projeto, ele depende muito do objetivo e da estratégia”. Até porque o Digital PR é uma estratégia complexa, que demanda várias ações que envolvem, inclusive, campanhas de branding e social media. 

Como complemento, Bazon observou que o “Digital PR é uma parte da equação”, e existem diversas outras ações importantes, que alguns profissionais ignoram, como:

  • Análise de concorrentes;
  • Análise de backlinks;
  • Estratégia de guest post;
  • Monitoramento da estratégia etc.

Assim, antes de colocá-lo em ação, a dica é avaliar se ele é realmente necessário e se encaixa no projeto. Às vezes, ações focadas e mais simples de prospecção podem ser suficientes. 

Os links não têm mais a relevância de antes?

Volta e meia, a discussão sobre a importância dos links em SEO ressurge: eles vão ou não deixar de ser relevantes para uma estratégia?

Essa discussão ficou ainda mais inflamada nos últimos meses, depois que Gary Illyes, analista de pesquisa do Google, disse que não é qualquer link que é relevante para um site.

Durante o papo, Crizanto comentou o que Gary Illyes disse e reforçou a importância do cuidado com a desinformação. Ao ler a matéria e entender o que foi dito, ela pontuou  sobre o quanto essa afirmação faz sentido, pois cada vez mais as estratégias de Link Building estão aprimoradas e focadas na relevância, no contexto e na qualidade:

“Hoje o trabalho de Link Building está muito menos focado em volume. Essa estratégia está ainda mais valiosa, existe mais tempo para avaliar os links, entender quais são os mais relevantes e quais não valem a pena”

Bazon reforçou que, além de tudo isso, cada link tem um objetivo (por exemplo: tráfego, posicionamento ou reforçar a marca), ou seja, continuam importantes. Ele frisou, ainda, que os mais relevantes são aqueles que não infringem as diretrizes dos mecanismos de busca.

Como você pode ver, Link Building é um processo contínuo que exige dedicação, planejamento estratégico e investimento em conteúdo de qualidade. Ao seguir as boas práticas e avaliar as métricas adequadas, você estará construindo uma base sólida para o sucesso duradouro da sua estratégia de SEO. 

Gostou do conteúdo? Continue aprendendo, confira nosso artigo Como criar projetos de SEO que geram resultados.

Compartilhe esta postagem

Sobre o Autor...

Thais Ferreira

Thais Ferreira

Jornalista por formação e pós-graduada em Mídia, Informação e Cultura pela ECA/USP. Especialista em conteúdo multicanal e SEO.

Assine nossa newsletter hoje!

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas

Quero receber novidades

As informações que você forneceu neste formulário permitirão que Hedgehog ocasionalmente entre em contato com você por e-mail sobre quaisquer produtos e serviços relacionados, como novos relatórios, recursos e conteúdo relevante de todo o nosso blog. Você pode cancelar a assinatura dessas comunicações a qualquer momento. Para obter informações sobre como cancelar a assinatura, bem como nossas práticas de privacidade e compromisso com a proteção de sua privacidade, consulte nossa política de privacidade.